)*(



         DEVO dizer que aliás a coisa que fez uma pessoa como eu mesmo a constantemente pensar sobre o teatro do ponto de vista da imagem e do som em relação à emoção e tempo ao invés da relação com a história e a ação é a mesma como se pode dizer forma geral de concepção dos experimentos inevitáveis fabricados pelo cinema apesar do método do se assim fabricar naturalmente não ter nada que ver com o outro O fato que persiste é que há o mesmo impulso para resolver o problema do tempo em relação à emoção e a relação da cena com a emoção da platéia no caso de um e do outro Há o mesmo impulso para resolver o problema da relação do ver e do ouvir no caso de um e do outro

         É em suma o problema inevitável de qualquer pessoa vivendo na composição do tempo presente isto é vivendo como nós estamos agora vivendo como nós temos o tempo presente e agora de fato vivemos nele

         O negócio da Arte é o de viver no atual presente isto é o atual presente completo o de expressar completamente aquele atual presente completo

         Comecei a ficar um tanto quanto perturbado por todas essas coisas quanto mais emoção enquanto no teatro mais perturbado me tornava por todas essas coisas

             E então tive o alívio                                                                

 



Escrito por jqz às 23h23
[   ]




 

            ATO DOIS

Três

Quatro e ninguém machucado cinco e ninguém florescendo seis e ninguém falante oito e ninguém sensato

Um e uma mão canhota edificou isto é tão difícil que não há jeito de fácil pronunciar

Um ponto de exatidão um ponto de forno um estranho perfurado um ponto que é tão sóbrio que a canhota razão restante é toda a chance de ir inchando

Os mesmos três

Um belo coqueiro um coqueiro belo o bastante um bastante belo bolo cookie relâmpago um cookie relâmpago um pacote belamente aberto e revestido com o mesmo pequeno saco que brilha

O melhor o único do mais canhoto e melhor pisar

A tanta gentileza que há em todos limões laranjas maçãs pêras e batatas

Os mesmos três

Uma mesma moldura um mais tristonho portal um raro portão e um infortúnio entre colchetes

Um mercado abundante onde não há mais o lembrar do luar do que haveria em todo lugar e ainda assim onde estranhamente há aparelhagem e um equipamento completo

Uma ligação uma ligação de lula ao polvo uma pesquisa um tíquete e um canhoto para repousar por cima



Escrito por jqz às 23h07
[   ]




PERGUNTO A VOCÊS

O que é conhecimento Claro conhecimento é aquilo que você conhece e o que você conhece é o que você sabe

O que sei sobre peças

Para saber é preciso sempre ir para trás

Qual foi a primeira peça que vi e estava então já incomodado incomodado com o tempo diferente existente que há na peça e em você mesmo e com a emoção de se ter uma peça indo em frente em frente de você Penso que posso dizer posso dizer sei que já fui incomodado por isso naquela minha primeira experiência em uma peça A coisa vista e a emoção não iam para frente juntas

Isso que a coisa vista e a coisa sentida sobre a coisa vista não estarem indo para frente no mesmo tempo é o que faz o estar no teatro uma coisa que faz qualquer um ficar nervoso

As bandas de jazz fizeram dessa coisa a coisa que te faz ficar nervoso no teatro elas fizeram dessa coisa um fim em si Elas fizeram desse tempo diferente um algo que é nada mais do que uma diferença no tempo entre qualquer pessoa e todas as pessoas incluindo todos aqueles fazendo isso e todos aqueles ouvindo e vendo isso No teatro é claro a diferença no tempo é menos violenta mas ainda assim isso está aqui e isso faz mesmo com que qualquer um fique nervoso

Em primeiro lugar no teatro há uma cortina e a cortina já faz qualquer um sentir que não vai ter o mesmo tempo da coisa que está lá atrás da cortina A emoção de você de um lado da cortina e o que está do outro lado da cortina não irão ir juntas Vai se estar sempre atrás ou à frente do outro

Depois também no lado B da cortina está a platéia e o fato de que eles estão ou estarão ou não estarão no caminho quando a cortina subir isso também fabrica nervosismo e nervosismo é a prova certa que a emoção de um vendo e a emoção da coisa vista não progridem juntas

O nervosismo consiste no precisar ir mais rápido ou lento de modo a irem juntos Isso é o quê que deixa qualquer um nervoso

E é um equívoco que isto seja o que o teatro é ou não

Há coisas que são excitantes pois o teatro é excitante mas deixam você nervoso ou não e se deixam ou não porque deixam e porque não



Escrito por jqz às 12h42
[   ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
  01/02/2017 a 28/02/2017
  01/02/2014 a 28/02/2014
  01/01/2013 a 31/01/2013
  01/10/2012 a 31/10/2012
  01/04/2012 a 30/04/2012
  01/03/2012 a 31/03/2012
  01/02/2012 a 29/02/2012
  01/01/2012 a 31/01/2012
  01/04/2010 a 30/04/2010
  01/03/2010 a 31/03/2010
  01/02/2010 a 28/02/2010
  01/01/2010 a 31/01/2010
  01/12/2009 a 31/12/2009
  01/11/2009 a 30/11/2009
  01/10/2009 a 31/10/2009
  01/09/2009 a 30/09/2009
  01/08/2009 a 31/08/2009
  01/07/2009 a 31/07/2009
  01/06/2009 a 30/06/2009
  01/05/2009 a 31/05/2009
  01/04/2009 a 30/04/2009
  01/03/2009 a 31/03/2009
  01/02/2009 a 28/02/2009
  01/01/2009 a 31/01/2009
  01/12/2008 a 31/12/2008
  01/11/2008 a 30/11/2008
  01/10/2008 a 31/10/2008
  01/09/2008 a 30/09/2008
  01/08/2008 a 31/08/2008
  01/07/2008 a 31/07/2008
  01/06/2008 a 30/06/2008
  01/05/2008 a 31/05/2008
  01/04/2008 a 30/04/2008
  01/03/2008 a 31/03/2008
  01/02/2008 a 29/02/2008
  01/01/2008 a 31/01/2008
  01/12/2007 a 31/12/2007
  01/11/2007 a 30/11/2007
  01/10/2007 a 31/10/2007
  01/09/2007 a 30/09/2007
  01/08/2007 a 31/08/2007
  01/07/2007 a 31/07/2007
  01/06/2007 a 30/06/2007
  01/05/2007 a 31/05/2007
  01/04/2007 a 30/04/2007
  01/03/2007 a 31/03/2007
  01/02/2007 a 28/02/2007
  01/01/2007 a 31/01/2007
  01/12/2006 a 31/12/2006
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/05/2006 a 31/05/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005


Outros sites
  I N I C I O



O que é isto?